Verdades sobre a Fiat Palio Weekend

week (8)
Taí uma Palio Weekend tunada com bom gosto, só que não

“Eleito o melhor carro para atropelar motoboys”
Campanha da Fiat para Palio Adventure veiculada em Brasília-DF

“Correeeeeeeeeeeeee”
Mecânico ao avistar Palio Weekend com GNV

“CURTO MUITO!!! *.*”
Marco Aurélio sobre Fiat Palio Adventure de controle remoto

“Um lixo de carro, e ainda tem gente que se sente como eu ao dirigir isso...”
Indiana Jones sobre Fiat Palio Adventure

“Não dá para eu passar marcha nisso aí”
Carlos Cunha sobre Palio Weekend com câmbio Dualtranco

“Karru muintu baum, ispaçoziu i cunômicu, vao si fodereim!!!!11”
Vendedor de panelas defendendo sua Fiat Palio Weekend 1999

“Carroça que solta roda”
Pedro Carrot-boy sobre Fiat Palio Weekend

“RE: Palio Weekend foi projetada para se apoiar em apenas três rodas”
Resposta da Fiat para frase acima

week (13)

FAIL Fiat Palio Weekend é a versão perua do hatch planejado para ser comercializado em diversos países do mundo, exceto na América do Norte, onde ninguém botava fé em carro pequeno (muito menos sendo um Fiat) e na União Europeia, porque já havia o Punto (e o Palio precisaria mudar muito para ser considerado um carro por lá). Desde sempre, a Weekend possui boas vendas (sempre apoiadas em propagandas de quinta categoria) e hoje parece a Susana Vieira porque, além de serem peruas e apesar de muito investimento no visual, não consegue mais disfarçar a idade avançada.

20070520020503weekendtuning

Lançada em 1997 (quem se lembra da propaganda dos peixinhos, que depois choravam quando ela ia embora?), a Palio Weekend foi a primeira derivação do Palio, antes de Siena e Strada. Inexplicavelmente, seu entre-eixos era curto, enquanto a traseirona privilegiava o espaço para bagagens. Aliás, a traseira não era feia, mas bonita também não era. E a terceira janela lateral, maior e mais arredondada que os outros vidros, entregava que era uma adaptação do Palio.

week (12)

Junto com o Çiena, ela ganhou opção de câmbio de seis marchas conjugado ao motor 1.0 (equipamento que merecia menção na plaquetinha na traseira), e o desempenho só não era mais soporífero do que a versão 1.0 8v com câmbio manual, fraquíssima, porém com torque surgindo antes do 16v.

adv

Em 1999 chegou a versão que seria responsável pela popularização e sucesso de todos os off-road de mentirinha que você vê pelas ruas: a versão Adventista Adventure, que cobrava mais por para-choques sem tinta, quebra-mato mortal com os faróis de milha do Escort XR3 e maçanetas com a gravação “Adventure” em baixo-relevo (para conquistar o público brega). Por dentro não havia diferenciais, apenas instrumentos iluminados na cor amarela.

galeriasImagens007_Z2Z2Z2Z1Dscf0310

Naquela renovação de 2000, os faróis foram roubados da Parati, as linhas gerais ficaram mais quadradas, a traseira ficou sem graça e o painel mudou de desenho, mas as saídas de ar continuavam na posição baixa (prejudica o direcionamento de ar pela cabine e quem mexe perto toma ar frio ou quente nas mãos). Como opcional, CD changer na parte de baixo do console, onde ficava um buraco nos carros sem o item.

week (1)

Se a renovação de 2004 lhe trouxe a bela frente do Palio III, veio também a traseira mais horrorosa, com as lanternas carinhosamente apelidadas de “panetones” (detalhe que toda a parte da tampa do porta-malas era só refletor, e não acendia…), parte inferior do para-choque traseiro sem pintura e muita falta de inspiração no resto.

GE DIGITAL CAMERA

A versão Adventure, com motor 1.8 PowerTrem de origem Chevrolet, abandonou o quebra-perna e garantia um troco a mais para a Fiat por vir com várias partes sem pintura, como retrovisores, maçanetas, rack de teto, arcos dos para-lamas e boa parte dos para-choques.

week (14)

Em 2008 houve uma mudança externa maior, pois além de frente e traseira mudadas e mais elegantes (adjetivo que definitivamente não foi adotado com o Palio 4), a lateral ganhou um vinco que acusava (e confirmava) que as portas eram desalinhadas. O vidro lateral traseiro passou a acompanhar os outros (tanto que, perceba, é a única “geração” da Palio Weekend em que o “black-out” entre as colunas dos vidros laterais fica bom). Mas o interior permanecia a mesma coisa de sempre.

PalioAdventure-02

Veio ainda a tenebrosa versão Adventure, com MUITO plástico sem pintura, para-lamas estufados e imitação de dupla saída de escape, como no Stilo linha 2008. Ainda havia um rack de teto em forma de “A”,que não adiantava para nada, porque não tinha suportes. Ao menos a linha também tinha a versão Trekking disponível, que passava longe dos exageros da Adventure e era um pouco mais barata. A propaganda para promover o sistema Locker (que passa longe da confiabilidade do 4x4 tradicional), “Don’t Worry – Be Happy”, foi a pior daquele ano. Em 2009 ela podia ser equipada com o câmbio Trancologic, automatizado de cinco velocidades que engasgava nas trocas desde sua introdução no Squilo, digo, Sem Stilo e que passou por ajustes até receber o sobrenome Plus. Em 2010, o motor da Chevrolata foi pra roça (aliás, ainda hoje equipa o Chevrolet SPAM com pequenos incrementos de torque e potência, ainda assim bem aquém dos rivais) e entrou o E.torQ by FDP FPT.

Fiat_palio_weekend_trekking_2013_02

Em junho, a Palio Weekend mudou novamente, mas não foi remodelação completa como o ocorrido com Palio e Grand Siena, e sim retoques no visual (como sempre), com novo para-choque (apelidado pela Autoesporte de “barbatana de tubarão”, que só eles viram, porque não tem nenhuma porra de barbatana aí) e novas rodas/calotas.

palioweek2

Só? Bom, por dentro também mudaram volante, instrumentos (em algumas versões são os do Uno, bem mais simples), console central (as saídas de ar continuam na posição baixa e ficaram iguais às do Corsa C), grafismos e revestimentos. Mas quem tiver o mínimo de bom-senso vai perceber que o espaço interno apertado é herança do modelo de 1997...

Donos
week (4)

A Palio Weekend é um carro que serve a diferentes tipos de públicos, que precisam de espaço interno por um preço camarada. Quem compra a zero-quilômetro geralmente são mães com dois ou mais filhos, muitas delas fiéis (sempre trocam por uma Weekend nova de tempos em tempos). Uma pena, pois todos os outros concorrentes possuem mais versatilidade e espaço interno (tirando a finada Parati, lógico), mas de fato o porta-malas da Weekend é bem amplo...

week (11)

...o que atrai verdureiros, vendedores de peças, famílias de seis ou mais pessoas, geralmente pertencentes às classes D, E, F (até Z). Essa peãozada anda detonando especialmente as Weekend de primeira e segunda geração. Geralmente rodam com cilindro de GNV (invariavelmente amarelo e com suportes enferrujados), para garantir a cunomia sem perder muito uso do porta-malas.

week (7)
Parece que o Fillipe Vivas já teve uma Palio Weekend...

Essas Weekend se encontram tão fudidas quanto as Belina e Caravan na mão da pobraiada, e você provavelmente encontrará alguma com para-brisa trincado, ronco do motor parecido com o de um Gol ano 89, para-choques desencaixados, pintura ressecada, rodas de ferro com calotas em péssimo estado ou arrancadas, cheiro ruim no interior, forros arrancados, equipamentos e luzes que não funcionam, maçanetas quebradas e lataria batida. Parecem demoli-cars de uso cotidiano...

05062011267

Os manos não estão perdoando nem as Palio Weekend mais novas, que vão das concessionárias direto para instalar som forte (geralmente para tocar pancadão) e rodas aro 18". Os donos de modelos 1.8 GM reclamam demais do consumo e do nível de ruído, e os proprietários de modelos 1.0, 1.3 e 1.4 Fire se lamentam de não terem levado uma Weekend mais potente e torcuda. Pudera, quem mandou economizar na compra para depois passar aperto numa ultrapassagem ou vergonha ao ter de subir uma ladeira de marcha-a-ré?

  • 478% espalha milhares de objetos pelo interior, como revistas, bolsas, caixas de fósforo, papelão para cobrir o para-brisa, sacolas, bolas, cabides, baldes e CDs, sendo que 284% já perderam coisas dentro dela
  • 416% ainda estão quitando suas Weekend – muitas unidades foram parceladas em 48x a 84x.
  • 286% colocam qualquer roda de liga leve, quase sempre de mau gosto, como as redondas cruze-de-malta, esfirra, do Tipo, do Santana, do Mamerda e de outros carros velhos, além das mais recentes de Stilo e Punto Sporting
  • 145% são taxistas
  • 106% queriam uma versão com entre-eixos alongado
  • 98% circulam em Betim (MG)
  • 76% compraram som de péssima fidelidade
  • 65% instalaram velhas rodas de liga
  • 52% são empregadas domésticas
  • 39% foram comprar outro carro após verem a Weekend com lanterna de panetone
  • 26% ainda hoje possuem saudades do primeiro painel da Weekend
  • 20% puseram LEDs
  • 6% realmente usam os racks de teto
  • 3% levaram o pacote High Safety Drive
  • 1% aceitou receber 50% do valor da Weekend para dar entrada num Suzuki SX4 0km
Verdades
paliow
  • Os parafusos presentes nos arcos dos para-lamas da Palio Adventure podem ser vistos a 200 metros de distância e desapertados com a unha. Além disso, a Adventure contém muito mais peças de plástico sem pintura do que de metal na carroceria.
{fb2b6b83-6c08-467c-9c78-13d63cdeefc0}_dsc_0027
  • A Palio Weekend também pode perder a roda traseira esquerda. Na verdade, só foi divulgado um caso, em um blog de um certo gordo dono de um famoso Hyundai, o que, portanto, não dá credibilidade ao relato (longe de sermos fieteiros, só não somos NAzistas…). Mas é de se estranhar casos relatados de Siena, Strada, Puto e até mesmo o novo Uno equipados com a tal roda livre, nesse caso querendo se libertar do carro. Na dúvida, renove seu contrato com o seguro de vida… O moço que disse ter visto o Siena de três rodas afirmou também que “tinha logotipo vermelho, então deve ser ano 2009 ou 2010”. Percebe-se que é um mongolão, pois o Siena trazia o novo escudo da Fiat desde sua reestilização em novembro de 2007.
week (10)
Palio Weekend carente de atenção, exceto do mato crescendo sob ela
  • Quem tem Palio Weekend possui desprezo infinito pelos donos de Parati, sendo a recíproca também verdadeira. Na verdade, os públicos delas são muito distintos; que o diga Edwilson Brazuca e sua afuderosérrima quadrada AP com aproximados 400 cv, que só sua namorada tem coragem de andar.
week (6)
  • A partir de 2000, passou a ser equipada com motor 1.3 Fire, ainda na carroceria antiga, como mostra a foto...
  • O sistema Locker não consegue desatolar a Palio Adventure em algumas situações, mas se mostrou bem eficiente no atropelamento de motoqueiro bravo em Brasólia.
palio2
  • Pouco antes do lançamento da família Palio III, vazaram em 2003 fotos (acima) de protótipos em tamanho real da Palio Weekend. A Fiat falou que eram trabalhos antigos, mas a perua chegava com o mesmo visual (horrível), meses após a declaração. Teve muito funcionário que acabou tomando um belo pé na bunda da montadora após o ocorrido…
  • Os rumores corridos em 2007 durante a renovação da Palio Weekend apontavam que a própria Fiat achava a traseira da perua caída…
str
  • E para quem achou a nova Weekend/Adventure 2013 uma novidade (por sinal foi uma modificação aplaudida por alguns), saiba que o visual dela era conhecido por flagras desde o ano retrasado. Saiu na Quatro Rodas uma projeção em janeiro de 2011 com uma precisão quase fotográfica.
  • A Palio Weekend, agora com airbag duplo de série, ganhou um ridículo enchimento na tampa do passageiro, digno dos primeiros Palio com o equipamento.
1079_3_preview
  • Em 2008 apresentaram uma Weekend elétrica, mas a autonomia das baterias era tão fraca que ela nem chegou a cruzar os portões da fábrica da Fiat.
  • A roda de ferro da Weekend é a mesma do Mille.

miniatura-palio-adventure-cr-1-18-chumbo-cks-27729-large
Marco Aurélio pira!!! Essa mini é de tamanho 1/18 e pode ser encontrada por 90 dilmas
  • De toda a atual família Palio, apenas a Strada é atualmente vendida nos países mais badalados da Europa, e possui vendas fracas. A reestilização que nos foi apresentada em 2008 só chegou este ano lá. Aqui, muitos preferem deixar de levar uma Weekend para comprar uma Strada Cabine Dupla, que tem caçamba que nem comporta uma bicicleta e espaço interno que aperta os quatro ocupantes. Vai entender...
  • O nome de carro mais extenso do mundo é: Novo Fiat Palio Weekend Adventure Locker Dualogic 1.8 16v E.torQ Flex 5p 2013/2013.
week (5)
  • Diz a lenda que um muleque ouvia escondido músicas da Britney Spears na Palio Weekend do pai dele. Quando os pais descobriram, ele levou tanta surra que ainda hoje é traumatizado com a cantora.
Tá bom, eu vou copiar contar uma piada, não sei se vai ter graça…

A Loira tinha uma Palio Weekend bem-conservada, de primeira geração, motor 1.6, inteirassa. Tinha um ciúme doentio do carro. Um dia, um motoqueiro bateu na porta do Palio, amassando-a. A Loira ficou absolutamente puta da vida, encostou o carro na garagem e disse que não ia mais sair com ele.
Passaram-se alguns meses, louca de saudade do carrão, querendo dar uma volta, senta-se ao volante, põe a chave na partida e nada. A bateria havia descarregado. Depois de várias tentativas, desiste e chama o mecânico. Ele chega, dá uma olhada, tenta ligar e diz:
- Esse conserto é muito fácil e barato, é só fazer uma chupeta.
E a Loira...
- E se eu der a bunda, você arruma a porta também???


O cara achava que a Adventure encarava os buracos da ladeira…

21 comentários:

  1. Quando você falou da "nova" Palio Weekend eu lembrei daquela campanha da Nissan: "Basta mecher no bigode pra falar que o carro é novo...".

    O Ultimo video eu ri. Um dia fui viajar com minha familia,e tinha uma ladeira mais ou menos reta,barrosa e esburacada (depois descobri que era o caminho errado),e fomos passar por ela,passamos na boa,e olha que meu carro é um Palio Fire ! Depois voltamos tudo de volta,porque era o caminho errado !

    Quanto ao Palio Adventure de controle remoto... paguei 80 dilmas pelo meu hauhsuhauhsa,to brincando,comprei só o novo Uno.

    ResponderExcluir
  2. Essas Weekend se encontram tão fudidas quanto as Belina e Caravan na mão da pobraiada, e você provavelmente encontrará alguma com para-brisa trincado, ronco do motor parecido com o de um Gol ano 89, para-choques desencaixados, pintura ressecada, rodas de ferro com calotas em péssimo estado ou arrancadas, cheiro ruim no interior, forros arrancados, equipamentos e luzes que não funcionam, maçanetas quebradas e lataria batida. Parecem demoli-cars de uso cotidiano... lembrou a do meu tio, mas a dele foi dada um banho de tinta, mas as calotas são td raspadas e vive encardida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. comentarios d funcionarios frustrados da concorrencia

      Excluir
  3. kk imagino daqui uns anos a palio weekend locker que é so plastico na mão das probaiada kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. voces estao com preconceito,falando que na mao da probaiada,porque nao na mao da ricaiada,esse bando de otarios que compram carro assim,caros e usam para depois os pobres acabarem de fuder essas merdas de carros que voces mauricinhos otarios compram por preços absurdos,ao dono deste post,vai se fuder seu otario,voce deve ser um pobre desse que voce fala

      Excluir
  4. O cara gravou esse video com uma TecPix, só pode bicho. Que camera ruim do c... parece aquela visão distorcida do Predador (lembram desse filme???). Puts.

    ResponderExcluir
  5. Tô rindo feito um retardado da piada da loira... puta que pariu, hahahahahahahahahahaha...

    ResponderExcluir
  6. se o cara tivesse pego o chevas no video,talvez ele TERIA subido....
    já que a tração traseira ajuda(e muito)na falta de um 4x4 com reduzida....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olha q de chevette vai msm, já q opala vai.

      Excluir
  7. Ainda não entendi qual a realidade vivida pelo Julio Max.Deve ser um daqueles fuderosos donos de BMW,VOLVO,MERCEDES ou quem sabe RANGE ROVER.Tenho uma Weekend 1.3 GNV e nunca tive nenhum destes problemas citados no que eles chama de bizarrices automotivas.Nem procurando nas reclamações sobre o carro voce acha estas bizarrices descritas pelo Doutor Julio Max.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No máximo deve ser apenas um estudante com muito tempo livre.
      Deve andar num carro com excelente motor AP e ótimo design. O GOL BOLA. kkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. esse motoristinha nunca dormiu ao menos pérto de um motorista de verdade, o máximo que ele deve ter visto de terra é ae em são paulo quando[sempre que der uma chuvinha boba] alaga tudo uma PÁLIO é só pra quem pode ter uma e sabe dirigir, não pra quem no máximo pode ter um fusca 74.

      Excluir
    3. E AINDA TEM MAIS : CONCORDO COM O FATO DE O WEEKEND SER UM EXCELENTE CARRO. TENHO UM ATTRACTIVE 2011, E VIAJO DO MARANHÃO AO PARAGUAI 3 VEZES POR ANO, E JAMAIS TIVE PROBLEMA ALGUM. EXCELENTE VEÍCULO EM TODOS OS ASPECTOS. BONITO, ECONÔMICO,ESPAÇOSO,BOM VALOR PARA REVENDA,ETC...
      FINALMENTE : GARANTO QUE A LOIRA DA PIADA, É A SRA. GENITORA DELE !!!

      Excluir
    4. É incrivel como tem gente que nao percebe qe isso é um site de humor, apenas. Pessoal parem de ficar se estressando. O cara fala mal de todos os carros e isso é o engraçado. Eu mesmo ja tive 4 carros que aparecem aqui no "verdades" e jamais fiquei chateado, entendo que é humor puro. Parem de esquentar a cabeça

      Excluir
  8. Prefiro minha caravan 81 muito mais espaçosa e potente que esses monte de plástico amontoado.

    ResponderExcluir
  9. Quem escreveu esta "matéria" nunca deve ter andado nem de carroça, só puxado...

    ResponderExcluir
  10. A Palio Weekend Adventure pode ser boa de mecânica, mas sempre teve o visual medonho.

    ResponderExcluir